A TaniaCPL foi um dos membros da equipa da Twitch Grow uP eSports com maior crescimento em número de followers no mês de Janeiro. Para celebrar, decidimos entrevistá-la. Lê mais para ficares a conhecer um bocadinho melhor a Tânia. Visita a stream dela para lhe dares um olá.
P: Fala-nos um pouco sobre ti.
R: O meu nome é Tânia (a.k.a. CookieFace), tenho 29 anos e sou do Algarve. Tenho um gato, que amo muito, chamado Cookie, porque eu adoro bolachas (ahahah). Sou Graphic Designer durante o dia e Streamer durante a noite. Nos meus tempos livres gosto de jogar mais um bocadinho, ler, ver séries (tenho uma lista infinita que não sei quando vou conseguir acabar de ver), ir ao cinema e COMER.

Sempre me interessei por tecnologia e jogos, por isso fiz questão de me envolver, desde muito cedo, na área de informática e programação. Tirei o 12 ano em redes informáticas e depois, mais tarde, segui para Design Gráfico, na universidade.
O nome CookieFace surgiu de uma brincadeira entre amigos. Numa conversa, eu disse que, não gostava de tirar fotos a rir, porque a minha cara parecia uma bolacha e a minha amiga virou-se para mim e disse: “Sim, até acho que te devíamos começar a chamar CookieFace!”. E eu até gostei do nome… e foi assim xD
P: O que te levou a streamar?
A: Desde muito nova que me interesso por jogos e sempre me questionei se um dia poderia vir a conseguir “ganhar a vida” a jogar. Nunca tive coragem para dar esse passo, até Março de 2016… quando decidi que iria tentar… e começou.
Confesso que nem sabia da existência da Twitch até então, fiquei a conhecer através do meu namorado na altura, ele é que me explicou como funcionava e para que servia. Comecei por ver streams do Pedrada (membro dos Grow Up), ele fazia de Blade and Soul, que era o jogo que eu andava a jogar também. E passado algum tempo, comecei a fazer streams também. Eu já passava os meus tempos livres a jogar, por isso, como morava sozinha, achei que ao começar a fazer streams, podia aproveitar melhor o tempo, porque jogava e socializava ao mesmo tempo.
Foi um bom começo, cresci depressa, e consegui juntar-me aos Grow Up pouco tempo depois. Infelizmente, por motivos pessoais, fiz algumas paragens e isso afectou bastante o desenvolvimento da stream. Mas aos poucos estou a voltar ^^

Um clip da Tânia a divertir-se enquanto canta “Amigas forever”.
P: Já tens algum tempo de casa! Tens conselhos para as pessoas que começaram agora?
R: Começar é muito complicado, pode ser desmotivante, não ter ninguém a ver ou ter um chat inativo. Eu, comecei por fazer streams enquanto estava com alguém no TS/Discord, ajuda a distrair e não pensar muito nesses pormenores. Mas nunca devemos deixar de olhar para o chat, o pior que pode acontecer a um viewer, é ir a uma stream, e ser ignorado. Devemos sempre estar atentos e responder o mais depressa possível… tentar não dar respostas directas e curtas, tentar começar uma conversa. Nem sempre é fácil, por estamos concentrados no jogo ou pelo nervosismo, mas com o tempo melhora 😀
P: Que tipo de streams fazes?
R: As minhas streams são muito variadas. Eu não consigo ficar muito tempo “presa” no mesmo jogo. Por isso, posso dizer que sou o que se costuma chamar de “variety streamer”. Comecei por fazer streams de BnS e depois fui mudando, passei para Pokémon, Skyforge, etc. Neste momento estou a tentar criar um schedule para conseguir jogar um jogo diferente todos os dias (ou quase). Para terem uma ideia, mais ou menos, do que ando a jogar: Fortnite (PVP e PVE), Skyrim, Resident Evil 7, Overwatch, etc. Terminei Dishonored há pouco tempo e agora ando à procura do próximo jogo, alguma sugestão? 😛

P: O que gostas mais na tua stream?
R: A minha comunidade, obviamente. Posso dizer que, apesar de poucos, tenho óptimos viewers. Divirto-me bastante a conversar com todos durante as lives, sem eles não sei se conseguiria continuar. Tento manter o contacto através do nosso servidor no Discord. São eles que me motivam a fazer as streams… E quando quis desistir, estiveram lá para mim… Tenho muita sorte por ter estas pessoas na minha vida, obrigada pessoal 🙂
Tenho também o meu gato, o Cookie, que é a mascote da stream e que teima em aparecer, sempre, à minha frente, nas streams. Muitas das pessoas, assim que chegam à stream, perguntam logo por ele. É a estrela da stream, eu sou apenas um extra. ahahaha
P: Fazer stream ajudou-te a nível pessoal, emocional e/ou profissional?
R: As streams ajudaram-me bastante a nível emocional. Confesso que, quando comecei a fazer streams, estava a entrar em depressão, foi muito complicado. Passava demasiado tempo sozinha em casa e não era saudável para mim. A stream foi a forma que arranjei de não me isolar, mesmo sem sair de casa. Foi algo que mudou a minha vida completamente. Na altura livrou-me de muitas noites em branco. Mais uma vez, obrigada a todos <3
Profissionalmente também me ajudaram um pouco, comecei a fazer trabalhos, como Designer, para alguns streamers. Overlays e coisas dos género. Se precisarem, já sabem 😛
P: Quais os aspectos negativos e positivos de ser streamer?
R: Os aspectos positivos? Para mim foi/é conhecer pessoas novas, que partilham os mesmos gostos e interesses que eu. Costumava jogar sempre sozinha, porque infelizmente não tinha amigos que gostassem de jogar. Hoje, tenho sempre alguém a quem me juntar para jogar uma partida de OW ou de Fortnite, é um sentimento muito bom. Ahahah
Não consigo lembrar-me de muitas coisas negativas… apenas posso dizer que tive algumas situações menos felizes com trolls que apareceram na stream. Mas não foi nada de grave e resolveu-se na hora xD

P: Qual o teu objectivo como streamer a longo prazo?
R: Gostava de um dia poder “fazer vida” a streamar. É algo que me faria muito feliz, embora seja muito complicado de conseguir. Principalmente quando não se tem skill natural para jogar. Ahahah
Mas para já, gostava de conseguir chegar a partner. É o meu próximo objectivo enquanto streamer. Leve o tempo que levar, o segredo é não desistir.
P: Além da Twitch, onde mais te podemos encontrar?
R: Ora bem, eu estou em todo o lado! Ahahah
Mas podem ficar com as redes sociais que mais uso para divulgação da stream e etc.:
Twitch, Site, Facebook, Twitter, Instagram, Discord.
A equipa uP Stream Staff quer agradecer à Tânia pela disponibilidade que mostrou em responder às nossas perguntas.
Parabéns pelo teu crescimento, Tânia! Continua o óptimo trabalho!Não se esqueçam de ir visitar o canal da Tânia em twitch.tv/TaniaCPL.