Acabou no passado fim-de-semana, o 1º Split da Moche LPLOL. Os GrowUp Esports ficaram no segundo lugar após perderem contra os K1ck. Depois de os uP terem eliminado os Doxa e posteriormente, nas meias-finais os FTW o desejo dos uP era a conquista do primeiro lugar; mas a experiência e skill dos K1ck garantiram-lhes assim a sua presença no European Masters 2018.

 

Contra o Doxa Gaming num Best Of 3 a composição de ambas as equipas foi a seguinte:

uP:

GodsCloud(top), Kooshi(jungle), BACA(mid), demo(adc) e SLAYER(sup);

Doxa Gaming:

Hiro(top), Davey(jungle), GOODMAN(mid), Yamato(adc) e Pure Kiddo(sup).

 

 

No primeiro jogo entre uP e Doxa, os primeiros alinharam com: Cho’Gath(top), Skarner(jungle), Orianna(mid), Ezreal(adc) e Karma(sup); sendo que os Doxa optaram por: Ornn(top), Jax(jungle), Corki(mid), Caitlyn(adc) e Morgana(sup).

Num jogo que correu sempre a favor dos uP onde a Karma, com ajuda do Ezreal, fez o “First Blood” aos 4 minutos de jogo.

O 1º Baron foi feito ao minuto 24 por parte dos uP e estes a conseguirem uma vitória sem grandes dificuldades com um score final de 12-1, tendo como MVP o mid-laner uP Baca que conseguiu dominar por completo toda a sua lane, como o restante jogo.

No segundo jogo o alinhamento foi o seguinte:

uP: Sion(top), Sejuani(jungle), Taliyah(mid), Caitlyn(adc) e Morgana(sup);

Doxa: Cho’Gath(top), Skarner(jungle), Galio(mid), Varus(adc), Rakan(sup).

Neste jogo os uP voltaram a não dar qualquer hipótese aos Doxa, com o “First Blood” a acontecer aos 7 minutos por intermédio do Sion, que fazendo um jogo praticamente perfeito, completou praticamente todos os objectivos e ainda acabou o jogo como o Rift Herald que nos presenciou com a sua dança de vitória.

A partida acabara com 15-1 com o MVP a ir para o uP Kooshi que conseguiu antever os movimentos do seu adversário na jungle, conseguindo estar sempre no sítio certo à hora certa, contribuindo para uma vitória perfeita por parte dos GrowUp Esports.

O aglomerado de jogos acabou com 2-0 a favor da equipa dos Grow uP que assim sendo, iria defrontar os For The Win nas mais finais dos playoffs do 1º split. De salientar a enorme demonstração de desportivismo e companheirismo de ambas as equipas.

Numa meia-final bem disputada contra os FTW, os uP acabariam por sair vitoriosos por 2-1 e iriam seguir para a final contra os K1ck.

Nota dos autores: Pedimos desculpa; mas por motivos profissionais não conseguimos acompanhar esta partida.

No dia seguinte, 26 de março, realizou-se no auditório ISCTE-IUL, a grande final de League of Legends, entre os GrowUp Esports e os K1ck Esporst Club, a contar para os playoffs do 1º split, onde o vencedor iria ter a oportunidade de participar na European Masters 2018.

Equipas compostas por:

Up: GodsCloud(top), Kooshi(jungle), BACA(mid), demo(adc) e SLAYER(sup);

K1ck: Truklax(top), LeChase(jungle), Aziado(mid), Alternativex(adc) e Rhuckz(sup);

 

Num Best of 5, no 1º jogo a composição das equipas foi a seguinte:

uP: Ornn(top), Jarvan IV(jungle), Anivia(mid), Xayah(adc) e Rakan(sup);

K1ck: Cho’Gath(top), Sejuani(jungle), Ryze(mid), Caitlyn(adc) e Alistar(sup).

Num jogo a favor dos uP em que o “First Blood” ocorreu aos 8 minutos com Jarvan IV a matar o Alistar, a partida acabou com um score de 23 – 5 em kills e 11-4 em torres.

O Mvp foi o Slayer dos uP. 1-0 para os uP.

 

 

Composição do 2ºjogo

uP: Swain(top), Sejuani(jungle), Corki(mid), Sivir(adc), Taric(sup)

K1ck: Ornn(top), Skarner(jungle), Orianna(mid), Caitlyn(adc), Morgana(sup)

Os K1ck começaram bastante fortes com o First Blood de Ornn sobre Swain, o que iria de forma geral caracterizar a partida que iria acabar com um resultado de 12-0 em kills e 11-0 em torres a favor dos K1ck. Aziado acabaria por ser o Mvp do jogo.

 

 

Composição do 3º jogo:

uP(Cho’Gath(top), Skarner(jungle), Ryze(mid), Tristana(adc), Alistar(sup)

K1ck(Vladimir(top), Olaf(jungle), Swain(mid), Varus(adc), Tahm Kench(sup)

Com o desejo de aumentar a vantagem, os uP acabaram por conseguir o “First Blood” aos 10 minutos com um gank de Skarner com Alistar a eliminar Tahm Kench, ainda com a ajuda da Tristana. A partida atingiu o seu ponto forte por volta do minuto 12 em que houve Rift Herald para os uP e o 1º drake caiu para os K1ck (ocean drake). Pouco depois aos 14 minutos cairia a primeira torre a favor dos uP, que acabariam por ganhar com 11-7 em kills e 9-2 em torres.

O Mvp acabaria por ser demo dos uP.

 

 

Composição do 4º jogo:

uP(Cho’Gath(top), Sejuani(jungle), Syndra(mid), Tristana(adc), Taric(sup)

K1ck(Ornn(top), Skarner(jungle), Cassiopeia(mid), Varus(adc), Braum(sup)

Num jogo que poderia ditar a vitória dos uP na final ou levar a partida para a 5ª e última partida, os K1ck não cederam à pressão e conseguiram o “First Blood” por intermédio de Cassiopeia sobre o Cho’Gath. Denotou-se ao longo do jogo uma clara vantagem por parte dos K1ck, com os uP a acusarem a pressão cometendo alguns erros a demostrarem isso mesmo. O jogo acabou com 17-5 em kills e 10-5 em torres, ambos a favor dos K1ck. o MVP do jogo voltaria a cair para o Aziado dos K1ck Esporst Club. A final neste momento encontrava-se a 2-2.

Composição do 5ºjogo:

uP(Shen(top), Sejuani(jungle), Orianna(mid), Tristana(adc), Taric(sup)

K1ck(Ornn(top), Zac(jungle), Taliyah(mid), Varus(adc), Braum(sup)

Último jogo numa final de Best of 5 sempre muito bem disputada por ambas as partes, só a vitória interessava, onde o vencedor teria a oportunidade de ir participar na European Masters 2018.

Num duelo em que os K1ck dominaram a partida, apesar de várias ameaças por parte da equipa dos uP, o “First Blood” acabaria de cair para os K1ck, com Varus a eliminar o Taric aos 9 minutos. Todos os restantes objetivos também iriam cair para os K1ck, com o 1º drake a ser feito aos 13 minutos, um montain drake, a 1ª torre aos 15 minutos, o Rift Herald aos 18, e por fim, o Baron aos 30 minutos. No final os K1ck acabariam de sair vitoriosos com 13-1 em kills e 11-7 em torres, carimbando a passagem para o passo seguinte, a European Masters 2018. O MVP deste jogo acabou por ser o K1ck Alternativex.

A equipa dos GrowUp Esporst demonstrou ter capacidade para crescer e evoluir ainda mais, podendo no futuro destronar os K1ck Esports Club que ainda não perderam uma final. Desejar a melhor sorte para a equipa dos K1ck na competição que aí vem.

 

Autores:

Frederico Susano e Daniel Silva.